1909 2010
Página Inicial
 

Antenor Pimenta

Cadeira 14

Nasceu em São João Evangelista, MG, em 1960.

HISTÓRICO

Iniciou sua carreira literária em 1980 vencendo vários concursos nacionais. Dentre eles destacam-se: 1º Lugar no Concurso de Contos da Revista Literária da UFMG, de 1981 a 1985. 1º Lugar no Concurso de Contos da Prefeitura de Santo André em 1985, SP. 3º Lugar no Corcurso de Contos da Secretária de Cultura do Estado do Paraná, em 1992,com o livro O Amor em Veneza. 2º Lugar no Concurso de Romance da Secretaria de Cultura do Estado do Paraná, 1994, com o livro A Estrada de Salamanca. Depois de haver gravado o disco Cinema, em 1991, e de publicar contos em várias antologias, Antenor Pimenta teve, em 1995, seu primeiro romance, A Estrada de Salamanca, publicado pela Editora Rocco, do Rio de Janeiro. A obra foi considerada O Livro do Ano pela crítica especializada. Houve a publicação de matérias elogiosas nos principais jornais brasileiros e o autor foi convidado a participar de vários programas radiofônicos e programas de televisão. Em julho de 1998, a Editora Rocco publicou o segundo romance de Antenor Pimenta: Último Aurélio ou o Cadáver Adiado, sucesso de público e crítica.

Eis algumas opiniões sobre o autor:

“Perfeccionismo é a melhor palavra para definir o estilo de Antenor Pimenta. Último Aurélio ou o Cadáver Adiado é um dos melhores romances publicados no Brasil nos últimos anos. Antenor Pimenta já deveria estar sendo estudado em nossas universidades com fenômeno literário que veio para ficar.”

( Jorge Fernando dos Santos – Estado de Minas. ) “Tem a naturalidade de um autor maduro e mistura expressões banais e ditos populares a um vocabulário belo e sofisticado – arte só cultivada pelos bons escritores. Mais do que a cadeia de eventos, o ponto forte do autor, como no primeiro romance ( A Estrada de Salamanca, de 95 ) está na consistência do texto. Pimenta escreve bem. Tem ritmo. Suas frases são belas. Suas metáforas e imagens surpreendem. Há economia e vigor na composição do estilo. Predominam em Último Aurélio o gosto pelo fraseado belo e a determinação de encarar o leitor com histórias divertidas e personagens excêntricos. Eis o projeto literário do autor, que já exibe claro potencial para consolidá-lo.”

“Pimenta resolve o subsolo familiar.” ( O Tempo ) “Ficção e realidade misturam-se na dose exata nesse segundo romance de Antenor Pimenta.”( Correio Braziliense ). “Antenor Pimenta vem construindo sua literatura com paciência e apuro.” ( Revista Telas e Artes ). “Suas imagens poéticas, inusitadas, vão tecendo um tecido narrativo irreal, onírico, que lembra muito Cem anos de solidão, de Garcia Marquez, Pedro Páramo, de Juan Rulfo, A morte de Antemio Cruz, de Fuentes e os bons libros do início de Llosa, A casa Verde e Pantaleão e as Visitadoras. Não se pode negar que se trata de um bom romance. Feito por um artesão da palavra, que ainda escreverá muito, porque tem folêgo.” ( Cecília Costa - O Globo )

Livros publicados:

-A estrada de Salamanca, 1995.
- Último Aurélio ou o cadáver adiado, 1998.
-Réquiem para Monalisa, 2000.
-Todos os livros foram publicados pela Editora Rocco.

Livros no prelo:

-O amor de Veneza – contos.
-Leporello – romance.
-A grande barca – romance.

Discos:

Bricabraque, na voz de Anthonio. Parceiras com Juarez Moreira, Telo Borges, Francis Hime, Renato Saldanha e Weber Lopes.


Os Acadêmicos
Atuais Membros

Academia Mineira de Letras
Rua da Bahia, 1466, Lourdes - Belo Horizonte, MG - Cep: 30160-011
Telefone: (31) 3222-5764
Desenvolvido por: MADRI